Carregando...

Institucional

Por definição Estatutária, têm a finalidade de:

“Estudar, coordenar, proteger e representar legalmente a categoria econômica das Indústrias da Construção e do Mobiliário”.

Missão:

“Integrar as empresas filiadas por meio de serviços de qualidade, assegurando a representatividade perante aos órgãos públicos, entidades e fornecedores, sendo porta-voz das demandas da categoria na busca de resultados eficazes no desenvolvimento urbano, sustentabilidade, inovação e educação”.

Visão:

“Ser reconhecido como entidade representante da categoria econômica em suas ações associativas e indutoras de desenvolvimento setorial, de forma auto-sustentável”.

Valores:

  • Ética – ser reconhecida por sua atitude ética e responsável em todas as suas ações, pelo respeito, coerência e pela transparência na comunicação com seus diferentes públicos;
  • Profissionalismo – ser reconhecida por seus filiados e pelo mercado como uma organização competente com alto grau de liderança visando melhores resultados setoriais;
  • Desenvolvimento ser uma organização voltada para o crescimento sustentável, competitivo e inovador dos seus filiados e da sociedade na qual esta inserida;
  • Preservação do Meio Ambiente incentivar as boas práticas ambientais, baseadas na sustentabilidade, no bem-estar comunitário e no progresso regional.

Histórico:

O Sinduscom-SL, com sede na cidade de São Leopoldo/RS, foi constituído a partir da Associação Profissional da Indústria da Construção Civil de São Leopoldo e reconhecido como Sindicato da Indústria da Construção Civil de São Leopoldo, em 12 de janeiro de 1967, tendo estendido sua representação e passado a denominar-se SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DE SÃO LEOPOLDO, em 29 de junho de 1988.

O Sindicato é vinculado institucionalmente ao sistema CNI – Confederação Nacional das Indústrias, através da Fiergs – Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul. Suas Entidades parceiras são: SEBRAE, SENAI, SESI, UNISINOS e Conselho Superior da Construção Civil do Rio Grande do Sul.

Está distribuído em cinco bases territoriais, abrangendo 20 municípios: Araricá, Bom Princípio, Campo Bom, Capela de Santana, Dois Irmãos, Estância Velha, Esteio, Ivoti, Lindolfo Collor, Morro Reuter, Nova Hartz, Portão, Presidente Lucena, Santa Maria do Herval, Sapiranga, Sapucaia do Sul, São José do Hortência, São Leopoldo, São Sebastião do Caí e São Vendelino.

Comments are closed